Untitled Document

Notícia Completa



ESTUDO MOSTRA QUE PANDEMIA ELEVA CUSTOS DOS PLANOS DE SAÚDE.

A pandemia de Covid-19 está pressionando fortemente os custos dos planos de saúde no país. É o que aponta estudo da Federação Nacional de Saúde Suplementar (FenaSaúde), com 2 milhões de beneficiários, que mostra um aumento significativo de usuários internados e a disparada de preços de medicamentos e de insumos usados nos tratamentos.

Em novembro de 2020, o estudo mostra que havia 22,17 pacientes com Covid para cada grupo de 100 mil beneficiários. Em janeiro de 2021, o índice chegou a 48,48 e, em abril, bateu a marca de 114,01.

Com internações mais prolongadas e a disparada dos preços de insumos, o custo da internação de Covid em UTI também avançou. Em janeiro, o atendimento aos pacientes com a doença consumia, em média, R$ 78,8 mil por pessoa internada, para as operadoras. Em abril, o custo saltou para R$ 100,6 mil, o que corresponde a um aumento de 27%.

“Com a iminência da terceira onda dos casos da doença, fica claro que esses custos tendem a permanecer em patamar muito alto, o que continuará pressionando os custos da saúde, impactando diretamente nos preços dos planos de saúde”, explica a diretora executiva da FenaSaúde, Vera Valente.

O estudo mostra ainda que a Covid-19 puxou fortemente o consumo e os preços de medicamentos do kit intubação usado em pacientes com a doença.

Um dos exemplos é o anestésico Rocuronio, cuja utilização cresceu 2.914%, no comparativo entre os 12 meses de 2019 e os primeiros três meses de 2021. Além do aumento no uso, o preço também subiu, e muito: 216%. Com isso, o gasto médio mensal com o produto avançou 9.435%. Outro vilão dos custos foi o sedativo Midazolam. A quantidade média comprada para atender a amostra cresceu 762%, entre a média mensal de 2019 e a média dos três primeiros meses de 2021. O preço unitário do medicamento saltou 542%, fazendo o gasto médio mensal para os planos disparar 5.275%.

Equipamentos de proteção individual (EPIs), como máscaras, luvas e aventais, fundamentais para a segurança dos profissionais que atuam no tratamento dos pacientes com Covid-19, também tiverem seus preços elevados. O gasto médio mensal dos aventais aumentou 5.644%, entre a média mensal de 2019 e a dos três primeiros meses de 2021, bem como a quantidade média utilizada por mês, que saltou 726%. O mesmo ocorreu com as máscaras descartáveis, que, em comparação com a média mensal de 2019 e janeiro a março de 2021, apresentou 5.644% de aumento no gasto médio por mês e 654% na quantidade usada mensalmente.

“As operadoras fecharam o primeiro trimestre deste ano com o maior custo assistencial da história por causa do avanço da pandemia e a manutenção de procedimentos não urgentes em níveis muito altos. Foi a tempestade perfeita”, diz Vera Valente. “O cenário continua crítico. As internações por Covid têm sido mais prolongadas, especialmente em UTIs.”

Em média, mais de 80% do que as operadoras arrecadam são pagos a hospitais, laboratórios e profissionais de saúde para cobrir as despesas de atendimento ao beneficiário; perto de 15% são gastos administrativos e de comercialização; do que sobra ainda são descontados impostos e despesas operacionais.




15/06/2021


 
 
 
A AFFIX É INDICADA AO PRÊMIO RECLAME AQUI PELA 3a VEZ CONSECUTIVA. - 19/10/2021 - Ver_Completa...

UNIMED RECIFE VAI INAUGURAR NOVO HOSPITAL - 13/10/2021 - Ver_Completa...

REAJUSTE DOS PLANOS DE SAÚDE PARA PME - 11/10/2021 - Ver_Completa...

A FIGURA DO CORRETOR NÃO SERÁ SUBSTITUIDA AFIRMA O PRESIDENTE DA BRADESCO SEGUROS - 07/10/2021 - Ver_Completa...

CONHEÇA A NOVA LOGOMARCA DA QUALICORP E AS NOVAS ESTRATÉGIAS DE VENDAS. - 05/10/2021 - Ver_Completa...

AFFIX ANUNCIA PARCERIA COM PARA AMPLIAR ATUAÇÃO REGIONAL - 04/10/2021 - Ver_Completa...

QUALICORP LANÇA REDE DE LOJAS FÍSICAS - 04/10/2021 - Ver_Completa...

PLANOS DE ODONTOLOGIA CRESCEM EM MEIO A PANDEMIA - 29/09/2021 - Ver_Completa...

ALERTA: MEIs IRREGULARES PODEM TER PLANO DE SAÚDE CANCELADO. - 27/09/2021 - Ver_Completa...

HAPVIDA- CÂNDIDO JUNIOR NÃO É MAIS O VICE-PRESIDENTE COMERCIAL - 24/09/2021 - Ver_Completa...

 




                1.369.060